Primeira sessão plenária debaterá o tema central do evento

limites-emprendedorismo-270x173A sessão plenária que dá início aos debates do XXIV Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas discutirá o tema central do evento, “Fronteiras do empreendedorismo inovador: novas conexões para resultados”.  A primeira sessão ocorrerá no auditório principal do Hangar, em Belém (PA), no dia 24 de setembro, a partir das 9h.

O desafio proposto por esse tema é buscar caminhos para que os ambientes de inovação ampliem suas conexões com os setores público e privado, a fim de se tornarem mais autônomos e, assim, contribuírem ainda mais para o desenvolvimento sustentável das regiões em que atuam. Por meio da articulação com diferentes atores, estendem-se as fronteiras do empreendedorismo inovador e alastram-se os impactos econômicos e sociais decorrentes das atividades de incubadoras de empresas e parques tecnológicos.

Para isso, a sessão que abordará o tema central reunirá instituições públicas e privadas, além de representantes do movimento do empreendedorismo inovador. A presidente da Anprotec, Francilene Garcia, será mediadora do debate. Com ela, estarão presentes o gerente geral do Centro de Pesquisas Globais da General Eletric, Keneth Herd, o diretor de Planejamento e Gestão da Embrapii, José Luis Gordon, e o diretor de Sustentabilidade da Biopalma/Vale, João Menezes.

Segundo Francilene, o tema do Seminário traça um possível diálogo com o contexto atual da Região Norte, onde o evento ocorrerá. “Este enfoque encontra-se bem alinhado com os desafios de atores locais que formulam, executam e avaliam iniciativas em prol de economia baseada em conhecimento com destaque para o empreendedorismo inovador”, explica a presidente da Anprotec.

Outra fronteira que entrará na pauta desse primeiro debate do Seminário é a parceria entre instituições públicas e privadas. Kenneth Herd, da GE, apresentará para os participantes o trabalho que a companhia vem realizando em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro. A GE escolheu o Brasil para receber o quinto Centro de Pesquisas Global, instalado na Ilha do Fundão.  “A companhia fez essa escolha por saber que o país precisa trasnpor seus desafios e acredita que a inovação é um dos caminhos para resolver as necessidades locais”, afirma Herd.

Realizado anualmente pela Anprotec, em parceria com o Sebrae, o Seminário Nacional é o maior evento de empreendedorismo inovador da América Latina. A edição de 2014 ocorrerá em Belém (PA), entre os dias 22 e 26 de setembro.

*Foto Shutterstock