O seminário > Organizadores

O XXIV Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas e o XXII Workshop Anprotec são realizados pela Anprotec e Sebrae, com a organização local da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Pará, da Universidade Federal do Pará e do PCT Guamá.

Anprotec

Criada em 1987, a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) reúne 268 associados, entre incubadoras de empresas, parques tecnológicos, instituições de ensino e pesquisa, órgãos públicos e outras entidades ligadas a empreendedorismo e à inovação. Líder do movimento no Brasil, a associação atua por meio da promoção de atividades de capacitação, articulação de políticas públicas, geração e disseminação de conhecimentos.

A trajetória da Anprotec está diretamente ligada ao desenvolvimento de incubadoras de empresas e parques tecnológicos brasileiros. A implantação desses ambientes em diferentes regiões disseminou a ideia do empreendedorismo inovador no país, desencadeando a consolidação de um dos maiores sistemas mundiais de parques tecnológicos e incubadoras de empresa. Confiante no trabalho das instituições que representa, a Anprotec, em conjunto com os diversos parceiros envolvidos em cada uma de suas ações, contribui para que o empreendedorismo inovador colabore de forma decisiva para o desenvolvimento sustentável do Brasil.

Saiba mais: www.anprotec.org.br

Sebrae

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é uma agência de fomento e assistência técnica aos pequenos negócios, que correspondem a 99% das empresas brasileiras, ou 7 milhões de micro e pequenas empresas, sendo que mais de 2,5 milhões destas são Microempreendedores Individuais (MEI). Além destes empreendimentos, o Sebrae também atende 4,4 milhões de agricultores familiares.

Para orientar os empreendedores a adotarem uma gestão competitiva e inovadora, o Sebrae oferece dezenas de cursos presenciais e pela internet. A instituição conta com cerca de 700 postos de atendimento distribuídos pelo país e atende também pelo telefone gratuito 0800 570 0800.

Saiba mais: www.sebrae.com.br

PCT Guamá

Sediado em Belém (PA) e implementado por meio de convênio entre Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Universidade Federal do Pará (UFPA) e Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), o Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá) é o primeiro em operação na Amazônia, pautado por uma economia verde, de forte base tecnológica e inovadora. Com investimentos em torno de R$ 80 milhões, foi inaugurado em 2010, sendo o primeiro parque tecnológico em operação dos três previstos para implantação no estado. Entre as áreas prioritárias para negócios e pesquisas de base tecnológica destacam-se: Biotecnologia, Tecnologia da Informação e Comunicação, Energia, Tecnologia Ambiental e Tecnologia Mineral.

O PCT Guamá viabiliza o processo de incubação de empresas, a elaboração e a articulação de projetos de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), capacitação em gestão empresarial e certificações para laboratórios, interface e a intermediação com instituições regionais, nacionais e internacionais, que têm expertises nas áreas de CT&I e empreendedorismo.

Na região amazônica, o parque tem como papel estratégico estimular a criação de empresas de base tecnológica que desenvolvam produtos de maior valor agregado e que sejam fortemente competitivas.

O PCT Guamá tem gestão da Fundação de Ciência e Tecnologia Guamá, entidade de direito privado sem fins lucrativos.

Saiba mais: www.pctguama.org.br